PRESENTINHO.




-‘Seu’ pão duro, enfia este presentinho no...
-Olha, não fala palavrão malcriada- impede o companheiro que sua mulher desça a ladeira.
-Como não falar palavrão!No dia do meu aniversário você me dá esta porcaria de sandália de terceira categoria que já vem até com chulé.
-É só um presentinho meu amor e você é muito ingrata sabia?
-Ah, eu sou ingrata e é você fica exigindo que eu tenha um corpão, um coxão, um bundão, um bocão e tudo muito bem trabalhado na academia e o escambau e agora me trás um “presentinho”. Diminutivos só pra mim, para o gostosão tudo o de melhor.
-Querida...
-Querido é o cacete- interrompe aquela mulher possessa com a falta de carinho do seu exigente parceiro
-Quando nós éramos namorados você dizia que até um palito de fósforo dado com amor valia à pena e mudou de repente.
-Mudei nada, você mudou. Antes eram carinhos de manhã de tarde e de noite,babação, me agarrava no quarto , na cozinha, no banheiro, chegou ao absurdo de querer fazer amor comigo no elevador , até apertou o botão de emergência,eu é que não deixei, seu desprezível .
-Desprezível?
-É no mínimo! E quer saber de uma coisa? Há dois meses você não me procura na cama.
-Como não procuro?Dormimos todas as noites juntos.
-Isso mesmo: dormimos , dormimos,dormimos e só! Brochonildo de uma figa.
-Está bem meu amor, vou então pedir uma pizza pra nós.
-Pizza? Pra nós? O aniversário é meu seu faminto e ainda quer aproveitar a data do meu aniversário para matar esta sua maldita fome incontrolável?
-Está bem querida eu peço duas. Uma pra cada um.
-Não me provoca, por favor, não me provoca goela faminta.Deixa eu ficar aqui no meu canto sossegada.
-Mas, amor eu te amo...
-Ama, ama muito, e me trás esta meleca de sandália de 1,99
-Nossa, eu nunca pensei que você era tão sem graça, assim.
-Nem eu “seu” pançudo.E com esta barriga há quanto tempo você não vê seu pinto?
-O quê?
-Isso mesmo, você não o vê e esquece, mas eu preciso muito mais do que uma sandália fedida, eu quero é umas boas chineladas de muito amor, quero subir pelas paredes, abrir a janela e gritar que sou feliz...
-Querida, não faça isso, lá fora ta um temporal danado,vai estragar a pintura da parede...
-Paaaaaaaaaaara!!!


O PAI (?) E A MÃE MAIS IDOSOS DO MUNDO.



GRANDE OTELO, UM DOS MAIORES HUMORISTAS DO BRASIL.



A MÃE.
No dia 7 de Novembro de 1996, Arceli Keh deu à luz uma menina de nome Cynthia, aos 63 anos e 9 meses de idade no Hospital Universitário de Loma Linda, Califórnia. A gravidez numa idade destas é de alto risco, tanto para a mãe como para o bebê. Os especialistas em fertilização artificial recusam-se a fazer qualquer tratamento em pessoas com esta idade, no entanto Arceli disse que tinha apenas 50 anos, de modo a obter o tratamento e deu certo!

O PAI.
O mineiro Les Colley tornou-se o pai mais velho, quando, em Julho de 1992, aos 93 anos e 10 meses, o seu filho Oswald nasceu. Les não fumava, não bebia álcool e permaneceu sexualmente ativo até ao fim dos seus dias. Morreu quatro meses antes de fazer 100 anos com uma Pneumonia.

Então é bom conversarmos sobre isto, pois todos nós sabemos que a maternidade é um fato incontestável, afinal o bebê sai de dentro da mulher e duvidar de quê?
Com esta evidência definitiva, a Sra. Arceli merece nossos efusivos cumprimentos pela coragem e obstinação.
No entanto, vamos falar serio, agora?
Este pai com 93 anos e 10 meses de idade, apesar de não fumar nem beber álcool, deveria expor ao mundo um exame de DNA para realmente comprovar este feito espetacular.
Isto porque os pontos contrários assinalados pela ciência a esta possibilidade são tão fortes que, vejam como precisaremos ser muito crédulos para acreditarmos nesta façanha, pois nesta idade, para citar apenas dois pontos impeditivos teríamos o seguinte:

-Os espermatozoides estarão pedindo, por favor, para ninguém incomodá-los mais e mesmo assim, se tiverem que sair estarão tão fracos que nadar em direção ao óvulo será considerado uma missão impossível, isto se saírem vivos.
Mais cansados que um caramujo.



-A ereção peniana que aos 20 anos atinge um ângulo de dez graus acima da linha do horizonte, ao setenta fica vinte e cinco graus abaixo e o gráfico explica melhor:
Vejam que nem a ciência se atreve a mostrar o ângulo de ereção após os noventa anos.


Como argumento contrário dirão vocês que uma bela pílula azul, levanta até bueiro de calçada, não é?
Tudo bem, mas e se já tiverem roubado a tampa?
Não é tão fácil assim, para um homem quase centenário.
Quer que eu minta?