ESTÓRIAS DE MOTEL.






Nesta saga do acasalamento humano, o motel é um fato muito recente.Priscas eras eram os muros, as escadas dos edifícios, o escurinho dos cinemas e com a popularização dos carros estes serviam como alcova.Os carros pequenos exigiam malabarismos inacreditáveis.Uma perna na janela, o rosto imprensado no vidro, e aquele maldito cabo da nudança que por vezes nos causavam incômodos constrangedores.Estou lhes falando de uma época romântica e na qual os homens para preservar a virgindade das meninas mentiam descaradamente, com a aquela velha estória de jurar que só iria colocar a cabecinha.Hoje, se um homem diz isso para uma mulher, ela o deixa falando sozinho e ainda vai ao Procon, ou qualquer outro órgão de defesa do consumidor dar queixa de propaganda enganosa e principalmente, sonegação.Eram comportamentos típicos das meninas da época, antes de qualquer coisa dizer: -Não!
E quando cediam, muito parcialmente-e bota parcialmente nisto – alguns dos comentários mais freqüentes que elas mais faziam eram:-

- “Eu não quero, mas se você quer, eu deixo, mas... só um pouquinho”.

Outra preciosidade:
- “Não, aí não”.

Às vezes a reação era mais contundente tipo:- “Faz isto com a sua mãe!”.

E quando as coisas se consumavam de forma extracorpórea esta reclamação era inevitável:

- Viu me lambuzou toda, seu nojento.Olha que porcaria “.

Isto dito hoje, parece o primeiro vôo de Santos Dumont. Mudou tudo e ainda bem. As mulheres, no entanto, que freqüentam motéis, cada uma tem suas características próprias como, por exemplo:

A DETALHISTA

-Veja meu amor que espelhos enormes, este abajour que coisa linda! Nossa que piscina maravilhosa, e que telão tem esta televisão.Roupa de cama linda, cheirosa, tudo muito arrumadinho, dá até pena de desarrumar-diz admirando o ambiente.
Neste momento o cara ergue a voz e define o jogo:
-Mas nós vamos desarrumar e bagunçar isto tudo - afirma de maneira quase colérica, como um búfalo no cio.
-É lógico meu querido.Mas deixa-me ver este banheiro.Oh, coisa mais bonita.Muito bom gosto na combinação dos azulejos com o vaso sanitário. E que encanto estas toalhas bordadas, Olha aqui meu bem os sabonetinhos tem a forma das genitálias.Que criatividade!

E por aí vai, é preciso compreender que a detalhista em geral, não gosta de sexo e sim de decoração.



A COMILONA.

-Meu amor pede aquele angu à baiana, especialidade da casa-suplica a comilona com ar de faminta.
-Mas agora? Ainda nem tiramos a roupa! -Irritado vicifera o "macho".
-Não tudo bem queridinho, mais me deixa pedir logo uns petiscos para daqui uns quinze minutos.
-Quinze minutos, não!!!Pelo menos duas horas, pô.
-Tá certo-concorda sem problema.
Pega o interfone e começa o pedido;
-Olha meu amigo, além do angu a baiana com bastante muidos, traga duas porções, não três porções de camarões à milanesa, arroz maluco, uma generosa tigela de pasteizinhos de carne e queijo feitos na hora, salaminho fatiado, queijo prato cortado em cubinhos, presunto também e manda fazer uma pizza calabresa, para mais tarde, não precisa ser muito grande, pode ser a menor das maiores, e não esqueça do pão de queijo e uma garrafa de vinho importado - Obrigado moço, despedindo-se cheia da charme!

A LOCUTORA.

-Não meu bem, assim não, por aí, isso vai, vai mais, não, não pára, um pouco mais para o lado, este lado não ,o outro, assim fica assim, que bom...Agora me deixa ir, abaixa mais, um pouco mais, devagar, sem pressa queridinho, cuidado vai cair da cama, tira aquele elefante da cabeceira, isso beija aqui, ali, agora mais aqui, morde devagar, aí estúpido, eu disse devagar. Continua, continua. Tô chegando, tô chegando, assim, ohhhhhhhhhh! ...Pagou o cartão de crédito?

Realmente, ninguém agüenta.Os motéis são excelentes alternativas, mas um serviço que deveria ser obrigatório além de na saída dar bombons, era na entrada um exame psicotécnico na clientela

20 comentários:

  1. Excelente,amigo. E aquela que diz que nunca entrou no motel e já vai operando os aparelhos como ar condicionado, cine privé, som,com mais facilidade que o cara? Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Paulo querido,

    Muito legal e criativo o texto, as descrições hílárias, muito baum !!!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Eiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita valeu esperar são ótimas.
    Mas como você sabe de tudo isso :) ? Bom ouvinte? Ou...

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ô Paulo o texto arrasa no entanto as fotos são demais kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Bjo

    ResponderExcluir
  5. sem falar dos cleptomaníacos, e outros maníacos que aparecem...rs

    ResponderExcluir
  6. Olá Meu Bom Paulo Tamburro Sutra:

    Realllmente cronicas da vida real,perfeitas,como monólogo,em roteiro teatral,rebentaria!

    Te abraço,Amigo irmão!

    Viva Vida!

    ResponderExcluir
  7. Antigamente tudo era mais difícil, mas mesmo assim rolava, e como rolava o "roça roça"...rs Como me lembro daquele Driven do Joá, que nem telão tinha!! rs Os fuscas estacionados, com os vidros todos embaçados e balançando freneticamente!! rs A gente dançando ao som de Ray Coniff, grudadinhos, só sentindo os "drops garotos" crescendo, endurecendo... rs As escadarias dos prédios e casas já quebraram muito galho, e tudo tinha de ser rapidinho! rs Sabe... acho que o "escondido" o "proibido", aguçava a nossa criatividade e ainda nos fazia valorizar mais as carícias e aumentar a nossa libido!! Sempre fui muito emancipada pra minha época, ainda que as primeiras experiências tenham sido com o meu futuro marido... Lembro-me que uma noite paguei o "mór mico", quando cheguei um pouco mais tarde do horário permitido e minha mãe estava possessa a me aguardar! Logo que entrei ela percebeu que o meu vestido estava do lado do avesso, e quando ela me questionou, eu falei: "Pô mãe, eu saí de casa assim e ninguém foi capaz de me avisar, é mole"?!... Fiquei de castigo uma semana, é claro!! rs
    Beijos nostálgicos!!
    Helô

    P.s. Quanto às performances apresentadas, adorei a comilona, mas ainda prefiro ser comida e fazer umas "boquinhas"... rs

    ResponderExcluir
  8. Paulo,

    Começar o dia te lendo é outra coisa... risos...

    Adorei !

    E não é que é assim mesmo ? risos...

    Beijo carinhoso (e paulista...)

    ResponderExcluir
  9. Aahahhaha, adorei o post, adorei o blog!
    Muito prazer!
    Inês.

    ResponderExcluir
  10. Um prazer ver coisas sobre o prazer

    Vi o seu comentário em seu blog, é claro que meu propósito foi falar das crianças em homenagem ao seu dia, hoje, mas poderia muito bem também falar sobre essas datas que sabemos que são grande exploração da mídia e outros meios para o comércio e o consumismo deturpado, mas quis fazer uma homenagem a doces criaturas infantis...
    Entendo sua resposta, tocou num assunto bastante sério e que muita gente põe panos quentes, muita coisa está errada e sempre terá alguém que não concordará com algo, gente que quer justiça e vida justa... e isso cabe muito a respeitar

    abraço amigo
    comente sempre qdo puder
    fora censura
    !!!

    ResponderExcluir
  11. haha
    não entendi
    pq não me seguir?

    bom, faça com queres
    abraço
    !!!

    ResponderExcluir
  12. Meu lindo e mais querido P.T.,

    Você é demais mesmo...

    mas posso lhe falar?
    Nada melhor do que a cama de casa, nossas quatro paredes, cheias de liberdade e sacanagem!!

    Um beijo em você, com sabor de chocolate!

    Biazinha

    ResponderExcluir
  13. muito bom seu espaço adorei a forma verdadeira sem rodeios

    ResponderExcluir
  14. Menino quer me matar de rir? q delicia...amei e ficarei por aqui..obrigada por se preocupar comigo, ando tão carente de familia, me sinto orfã de pai e mãe vivos...

    ResponderExcluir
  15. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  16. "Amarelo? NÃO!!"

    vai lá, vai...


    beijocas!

    Biazinha

    ResponderExcluir
  17. asuahsuahsuahsuahsuahsuahsuahsuhaushausa

    Eu ri litros!

    ResponderExcluir
  18. kkkkkkkkkk..
    moço a coisa aqui era diferente antigamente ..
    aqui no sertão da Bahia como as casas eram de taípas e grudadas uma nas outras, conta meu avô q quando ele queria namorar com a vizinha era só fazer um buraquinho num lugar estatégico.. agora imagina ai a sena " todos dormindo e a parede se mexendo rsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  19. na minha cidade como não tem MOTEL tem os MATEIS ou seja o mato q vira motel ....bjo

    ResponderExcluir